CONHEÇA as ASSOCIADAS

VOLUNTARIADO DO HOSPITAL DE S. JOÃO (Porto)


 ASSOCIAÇÃO VOLUNTARIADO E ACÇÃO SOCIAL DO ENTRONCAMENTO

AVASOCIAL – Associação Voluntariado e Acção Social do Entroncamento é uma Organização constituída voluntariamente por cidadãos e por cidadãs que se propõem através do exercício do voluntariado participar na vida cívica da sua cidade, quiçá a mais completa e bela forma de o fazer.

Voluntariado que se baseia na vontade e na iniciativa sem constrangimentos, de cada cidadão e cidadã em realizar gratuitamente, mas com responsabilidade ena base de um compromisso livremente assumido, um conjunto de acções em favor de outros cidadãos, de famílias e da comunidade. Um Voluntariado organizado.

A AVASOCIAL é verdadeiramente uma Organização de Voluntariado. Toda a sua estrutura e desempenho das tarefas de apoio associativo é assegurado por voluntários e voluntárias não havendo recurso a colaboradores vinculados contratualmente.

A AVASOCIAL por via do Banco Local de Voluntariado do Entroncamento, assegura no concelho serviços ao Voluntariado, como: informação, divulgação de projectos, inscrição de candidatos a voluntários e de outras Organizações a Entidades Promotoras de Voluntariado. Um serviço que se recomenda e deve ser procurado, em nome do dever da defesa da cultura do Voluntariado e dos direitos dos voluntários e voluntárias.

Se quer conhecer-nos melhor ou se deseja ajudar este Projecto de Voluntariado Organizado, estamos ao seu dispor. Contacte-nos.

A sua ajuda é importante. É mesmo muito importante. Se não pode disponibilizar do seu tempo,seja voluntário(a) contribuindo com uma cota mensal igual ou superior 50 cêntimos. A sua ajuda tornar-se-á grande conjuntamente com outras.

Todos somos co-responsáveis pelo bem-comum. Revele a sua cota de responsabilidade. Ajude-nos a ajudar!

Mais informação sobre a Associação Voluntariado e Acção Social do Entroncamento no link AVASOCIAL.

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE CASCAIS

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE SANTO TIRSO


LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE CHAVES

é uma I.P.S.S e existe formal e oficialmente desde um de Julho de 1992, data da celebração da escritura de constituição, sendo fundadores Maria

Amélia da Silva Ferreira Trino, Maria da Graça Cameiro Moura Batista, Alberto Germano Pires Lopes, Nuno dos Santos Rodrigues, Maria Margarida Esteves Ferreira, Francisco António Taveira Ferreira, António Augusto Gomes Setas, Marília Valente Ferreira Abelha e, actualmente representa cerca de quatrocentos Associados.

A LIGA tem por objectivos:

a) Promover a colaboração da Comunidade e suas instituições no bem-estar do doente e na sua promoção social;

b) Promover a melhoria das condições de acolhimento, internamento e tratamento dos doentes (incluindo ambulatórios) do Hospital Distrital de Chaves, de forma a evitar a rotura das suas relações familiares e sociais, objectivamente na distribuição de lanches nas salas de espera; auxiliar na alimentação individualizada aos acamados; socialização com os Utentes no sentido de melhor conforto nas dependências do Hospital e nas Urgências; aquisição de medicação aos doentes carenciados e entregas através dos serviços sociais do Hospital; serviços de cortes de cabelo e barba aos doentes necessitados; orientação dos doentes na deslocação aos vários sectores do Hospital.

c) Colaborar com os órgãos de gestão do Hospital Distrital de Chaves nas orientações da política de saúde do Hospital, para defesa dos interesses e direitos dos doentes e da sua dignificação pessoal;

d) Colaborar na dignificação de todos quantos trabalham no Hospital Distrital de Chaves, designadamente apoiando e colaborando em todas as iniciativas de carácter cultural, social e profissional, como forma de promoção indirecta do bem-estar dos doentes.

Os Corpos Sociais, reeleitos em Dezembro de 2019, têm-se focado em quatro objectivos principais: Angariação de Associados;

  • Captação de novos Voluntários;
  • Formação contínua do Corpo de Voluntários, recorrendo ao apoio dos formadores do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro e por iniciativa da LIGA.
  • Promover uma Contabilidade com exigentes critérios de clareza e assertividade, organizada, documentada e passível de ser escrutinada a qualquer momento por quem quer que seja, interna ou externamente à LIGA.

Chaves, 14 de Janeiro de 2020

O Presidente da Direcção,

Nuno Castor


VOLUNTARIADO HOSPITALAR HOSPITAL S. JOÃO DE DEUS (Famalicão)

ASSOCIAÇÃO DO HOSPITAL DE CRIANÇAS MARIA PIA (Porto)

LIGA DOS AMIGOS DO CENTRO HOSPITALAR DE GAIA

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE ESPINHO


LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE OVAR

A Liga dos Amigos do Hospital de Ovar ( LADHO ) foi instituída em 10 de Novembro de 1986, por escritura pública e no Cartório Notarial de Ovar, conforme se publica em Diário da República, III Série, nº 297, de 27-12-1986, página 14 571, por iniciativa de vinte e oito cidadãos vareiros, imbuídos de sentimentos de solidariedade, fraternidade, disponibilidade e dádiva e iniciaram o percurso desta Associação, tendo por foco o apoio aos doentes que procuravam no Hopsital de Ovar o tratamento e a solução para as suas doenças.

Contituíu-se um grupo de Voluntários que, no terreno, corporizou, generosa e solidariamente, os princípios orientadores da Associação.

Depois de estabilizar o apoio aos doentes quer na área da Consulta Externa, com a distribuição de bebidas quentes, bolos secos e apoio na orientação e esclarecimento dos doentes no labirinto da organização hospitalar e no internamento, com visitas aos doentes mais desprotegidos e solitários, com a distribuição de jornais e revistas , ainda, no apoio mais directo às equipas de profissionais, nomeadamente, colaborando na distribuição das refeições aos doentes menos autónomos, a LADHO partiu para outros apoios e para outras áreas de intervenção.

A LADHO esteve na primeira linha quando o Hospital de Ovar e o Centro de Saúde decidiram implementar uma equipa de apoio domiciliário que acompanharia os doentes com AVC e integrou essa equipa.

Além de um enorme Banco de Ajudas Técnicas ( mais de 300 equipamentos ) e do Banco de Vestuário, no último quadriénio iniciámos o apoio direto às pessoas mais carenciadas e mais debilitadas socialmente, associadas ou não, contribuindo financeiramente na aquisição da medicação crónica, de dispositivos para ostomizados e de vacinação que não integre o Plano Nacional de Vacinação. O actual contexto social, económico e financeiro tem feito disparar esta despesa, prevendo-se que no final deste ano possamos vir a gastar mais de 15 000 € nesta rubrica.

Para além de comemorarmos com os Doentes internados todas as datas importantes ( o dia mundial da criança, o dia mundial do doente, o dia mundial da mulher, o natal, a páscoa, oferecendo lembranças alusivas ao tema em questão ), levamos a cabo, junto da população, iniciativas durante o mês de Maio e integradas no programa “ Maio – mês do coração “, que permitem a medição da tensão arterial e o doseamento sanguíneo da glicose, realizamos uma conferência médica pública em que tratamos e apresentamos, por palavras simples e compreensíveis, tema clínicos sobre o coração.

Realizamos muitas ações de angariação de recursos financeiros ( Peditório Anual, Venda de Natal, Bazar de Verão, sensibilização de Empresas e de Instituições para as nossas dificuldades ) de modo a incrementar a nossa capacidade de ajudar.

O trabalho voluntário da LADHO é fundamental na nossa comunidade. É feito de forma gratuita, solidária, fraternal, humilde, voluntária, mas tem sempre recompensa, na forma de paz  de consciência de nos darmos aos outros, no sentimento do exercício mais digno da cidadania e, também  e muitas vezes na forma de um sorriso inocente e envergonhado ou de um olhar comovido e brilhante, ambos resplandecentes de gratidão, sendo tanto de quem mais nada tem para dar.

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL GERAL DE SANTO ANTÓNIO (Porto)

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE VIANA DO CASTELO

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE SÃO PEDRO DE VILA REAL

LIGA DE AMIGOS DO HOSPITAL DOUTOR JOSÉ MARIA GRANDE (Portalegre)


 LIGA DOS AMIGOS E UTENTES DO H. DE STº ANTÓNIO DOS CAPUCHOS (Lisboa)

A LAU – Liga dos Amigos e Utentes do Hospital de Santo António dos Capuchos é uma IPSS que tem por missão o apoio aos utentes, familiares/pessoa significativa e amigos do CHULC (Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central)

A actuação da LAU assenta em valores de solidariedade, respeito, ética e confiança, procurando apoiar os Utentes/Pessoa Significativa procurando dar cumprimento aos objectivos que norteiam a sua actuação e que visam a solidariedade e justiça social.

A área de intervenção da LAU são todos os utentes do CHULC e respectivas Freguesias da sua área de abrangência, disponibilizando os seguintes serviços:

·  SAD – Serviço de Apoio Domiciliário;

·  Banco de Ajudas Técnicas (camas, cadeiras de rodas, entre outros…);

·  Venda Suplementos Alimentares a preços sociais;

·  Serviços Complementares de Saúde no Domicílio (Terapia Ocupacional, Psicologia Clinica, Fisioterapia e Terapia da Fala);

·  Apoio Sociocultural (Sessões de leitura, visitas a museus, deslocações ao cinema, praia e campo entre outras actividades lúdicas), Serviço de Voluntariado (Apoio aos utentes em ambulatório e internados no CHULC).

A LAU, está sempre disponível para ajudar a ultrapassar qualquer dificuldade social ou de saúde. Com uma equipa muito eficiente e capaz de olhar para cada caso sempre com o mesmo carinho e dedicação, seja uma situação complexa ou de simples resolução.

   

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL AMATO LUSITANO (Castelo Branco)

LIGA DOS AMIGOS DOS HOSPITAIS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE EGAS MONIZ (Lisboa)

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE TONDELA

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DO MONTIJO

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE LEIRIA


LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE LAMEGO

A Liga dos Amigos do Hospital de Lamego, fundada a quinze de maio de 1992, é uma associação, sem fins lucrativos que visa a solidariedade social, com sede no Hospital de Proximidade de Lamego.

A LAHL tem como objetivos, a promoção e apoio a iniciativas que visem a melhoria do nível de saúde e bem-estar dos doentes, sempre em articulação com a Administração do CHTMAD e com todos os Profissionais de Saúde.

A LAHL, para além da atividade que realiza diariamente, através do seu Núcleo do Voluntariado, promove, organiza e realiza atividades e eventos, junto da comunidade local, onde destacamos o Concerto Solidário e o Jantar Concerto Solidário que se realiza todos os anos, proporcionando deste modo um maior e melhor relacionamento entre os associados. Tem também como objetivo, sensibilizar e motivar a população para o voluntariado, angariação de sócios e patrocinadores que nos têm permitido:

- Contribuir para o apetrechamento do Hospital de Lamego com aparelhos e diversos materiais;

- Colaborar com iniciativas que os Profissionais de Saúde levam a efeito;

- Manter em atividade o Banco de Roupa;

- Lançar anualmente a Revista “Amarelo de Afectos”.

- Manter em atividade o serviço de chá e bolachas;

- Apoiar os seus associados (cerca de 1.500)., através da cedência de camas articuladas/elétricas e de cadeiras de rodas.

  Os Voluntários desempenham a sua missão em vários Serviços do Hospital de Lamego, nomeadamente na Medicina, Urgência, Fisioterapia, Hospital de Dia, Cirurgia de Ambulatório, Consulta Externa e na Sede da Liga.

A sua atividade é desenvolvida, tendo como ponto central o doente e os utentes que se dirijam a esta Unidade Hospitalar.

Assim, de entre as várias tarefas que realiza, destacamos as seguintes:

- Dialoga e colabora nas refeições dos doentes;

- Encaminha os utentes para os diversos serviços;

- Serve chá, bolachas e água;

- Presta informações aos doentes;

- Participa em ações de formação;

- Colabora nas celebrações dos dias do Doente, do Pai, da Mãe, dos Avós, da Páscoa, do Natal, etc.


LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE VILA FRANCA DE XIRA

 LIGA DE AMIGOS DO HOSPITAL DO ESPÍRITO SANTO (Évora)


LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO (Seia)

A  Liga dos Amigos do Hospital de Seia (LAHNSAS) fundada em 10 de Setembro de 1998, é uma IPSS, Apolitica e não Confessional sem fins lucrativos assumindo a forma de Associação.

Os nossos Estatutos obedecem ao cumprimento do disposto na lei 71/98 que estabelece as bases do enquadramento jurídico do Voluntariado, bem como o decreto-Lei 389/99 que regulamenta e contempla no desenvolvimento da Lei 71/98 intrumentos operativos que permitem efetivar direitos  dos voluntários, promovendo e consolidando um voluntariado sólido, qualificado e reconhecido socialmente.

Esta  direção tomou posse no dia 8 de Fevereiro de 2010, iniciando o seu trabalho efetivamente junto aos doentes a 15 de Março do mesmo ano.

O nosso objetivo fundamental é a humanização, fomentando uma cultura de solidariedade e atuando sempre de uma forma discreta, contribuindo para o bem estar do doente e respetivas famílias.

Nesse sentido, elaboramos um projeto “dar a mão dar um sorriso” no qual todos nós, imbuídos nesse grande espírito de solidariedade, estamos diariamente nos vários serviços do nosso Hospital.

Assim, estamos “divididos” em várias áreas distintas, sempre em complementaridade com a missão do Hospital: período da manhã, nas urgências, junto ao laboratório de análises complementares e  na sala de espera das consultas externas,dando o chá, café, leite e bolachas a todos os doente/utentes que deles necessitem; à noite, com os doentes internados na convalescença/paliativos dando uma palavra de conforto, ouvindo, cantando, fazendo alguns jogos e sempre que necessário se algum doente não se conseguir alimentar sozinho, haverá sempre uma voluntária disponível para ajudar; também temos voluntárias que colaboram no arranjo, manutenção e conservação da roupa dos doentes; esporadicamente, aos sábados à tarde uma voluntária realiza trabalhos manuais com os doentes internados no serviço de convalescença. Nas férias escolares também contamos com algumas alunas que gostam de  disponibilizar o seu tempo ajudando os outros...

Não podemos esquecer que a humanização também é feita com a decoração dos vários espaços do nosso hospital, e que felizes ficamos quando os profissionais e utentes do hospital nos dizem: está tão lindo o hospital!

Para tudo isto funcionar contamos com associados e alguns patrocinadores que nos vão permitindo ofertar ao nosso hospital equipamentos médicos e outros tão necessários ao bem estar dos nossos doentes; comemoramos as datas mais importantes fazendo sempre a entrega de um miminho aos doentes que nesses dias se encontram internados ou estão nas urgências por qualquer circunstância.

Esta direção sempre apostou na formação das voluntárias preparando periodicamente  ações vocacionadas para” o saber ser, o saber estar, o saber ouvir, o saber escutar” e também reunindo para tirar dúvidas e ouvir a opinião de todos verificando se o trabalho é efetuado com dignidade e espírito altruísta, e se o compromisso de honra por todos nós assinado está a ser cumprido.

Sempre que nos seja possível, marcamos presença nos Encontros da FNVS e outros.

Também temos as nossas voluntárias seguras no trajeto casa/hospital e vice-versa.

E, claro ter uma contabilidade exigente, organizada e documentada que anualmente é apresentada aos nossos associados nas Assembleias Gerais  para que todos confiem nesta direção.

E como alguém um dia disse :” o voluntário é invisível; é alguém por quem não se dá, mas de quem se sente a falta quando não está.” E quão felizes e orgulhosos ficamos quando ouvimos isso dos nossos doentes/utentes.

A Presidente
Angelina Fonseca                                        Seia,29 de Janeiro de 2020


 LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE TORRES NOVAS

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE TOMAR

IRMANDADE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PAÇOS DE FERREIRA

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL SÃO SEBASTIÃO (Vila da Feira)

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE AMARANTE

LIGA DOS AMIGOS DO CENTRO DE SAÚDE DE SEVER DO VOUGA

AMARA - ASSOCIAÇÃO PELA DIGNIDADE NA VIDA E NA MORTE

ASSOCIAÇÃO DE APOIO AOS DOENTES COM LEUCEMIA E LINFOMA

ASSOCIAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS DO HOSPITAL SANTA MARIA MAIOR (Barcelos)

MONTE KURAMA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE REIKI

ASSOCIAÇÃO SER UNE


ASSOCIAÇÃO ELOS DE ESPERANÇA (Portimão)

A “Associação Elos de Esperança” (AEE) existe formal e oficialmente desde 24 de setembro de 2010, data da celebração da escritura de constituição e exerce, tal como determina o art.o 2o da escritura, a sua atividade de serviço de voluntariado aos doentes no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) – Unidade de Portimão, embora, ainda que de forma inorgânica até 2010, já funcionasse um serviço de voluntariado hospitalar desde 1989 no anterior Hospital Distrital de Portimão e posteriormente Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio.

O Regulamento do Voluntariado em vigor no CHUA-Unidade de Portimão define como objetivos promover a realização de ações, preparadas e programadas, em articulação com os órgãos próprios da entidade hospitalar, no sentido da humanização dos cuidados prestados aos doentes (Capítulo II), para além explicitar os deveres e direitos dos voluntários e o modo de prestação do serviço de voluntariado.

Em janeiro de 2020, a associação conta com 206 sócios dos quais 92 são voluntários ativos que prestam serviço em vários serviços hospitalares, a saber: Consulta Externa/Balcão de Atendimento, Serviço Religioso, Hospital de Dia de Oncologia, Serviço de Sangue, Urgência Geral, Urgência Pediátrica, Pediatria, Ortopedia, Medicina, Cirurgia, Ortopedia e Cuidados Paliativos. Desenvolve ainda duas outras atividades – Recreativo - durante a qual os voluntários, em alguns dos serviços mencionados, contactam e apoiam, durante a tarde, os doentes que deles necessitam e Hora da Partilha - em que de 2a a 6a feira, na parte da manhã, são distribuídos aos doentes que aguardam as consultas chá, sumos, leite, café, água e bolachas. No Balcão de Atendimento, o serviço de voluntariado acolhe, orienta e acompanha aos diversos serviços hospitalares, os utentes que utilizam os serviços de Análises, Exames Especiais, Consulta Externa, Imagiologia/Radiologia, Hospital de Dia de Oncologia, Medicina Física e de Reabilitação, Serviço de Sangue, Consulta Externa de Psiquiatria, Tesouraria, Urgências, Serviço Social, Internamento, Balcão de Informação, Cirurgia de Ambulatório, Farmácia, Pediatria, Gabinete Médico-Legal.

Para além destas atividades, a associação organiza ações de formação contínua para os seus voluntários e faz a integração dos candidatos a voluntários, para além de desenvolver algumas outras atividades de solidariedade e convívio e comemorar o Dia Mundial do Doente e o Dia Internacional do Voluntariado.

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DISTRITAL DE ESTARREJA

 ASSOCIAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS DO HOSPITAL DE S. TEOTÓNIO

 LIGA DOS AMIGOS DO CENTRO DE SAÚDE DE ALFÂNDEGA DA FÉ

LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DISTRITAL DA FIGUEIRA DA FOZ

LIGA DOS AMIGOS DO CENTRO HOSPITALAR DO BAIXO VOUGA

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE LEUCEMIAS E LINFOMAS

 ASSOCIAÇÃO CONVERSA AMIGA


 NÚCLEO DE VOLUNTARIADO DE MÉRTOLA

O Núcleo de Voluntariado de Mértola existe formal e oficialmente desde vinte e sete de Novembro de 2003, data da celebração da escritura de constituição, e atualmente tem mais de 300 sócios e 30 voluntários.

O Núcleo de Voluntariado de Mértola tem como objetivo a prossecução de um conjunto de ações de interesse social e comunitário a realizar de forma desinteressada por voluntários, ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade.

As ações do voluntariado podem ser de âmbito cívico, de ação e solidariedade social, da saúde, da educação, da reinserção social ou outros de natureza análoga.

O Núcleo de Voluntariado desenvolve vários projetos, quer de iniciativa própria, quer em parceria com outras entidades, sendo que, no âmbito da saúde, os projetos em curso são:

  - No CENTRO DE SAÚDE – apoio aos utentes/humanização e oferta de conforto alimentar (leite, chá, café, água, bolachas)

- Na ULDM – apoio/humanização aos doentes internados

- Na UDCPM –UNIDADE DOMICILIÁRIA DE CUIDADOS PALIATIVOS DE MÉRTOLA – projeto em parceria com 4 entidades (ULSBA/Centro de Saúde, Santa casa da Misericórdia, Câmara Municipal, e Núcleo de Voluntariado de Mértola, financiado desde 2010 pela Fundação Calouste Gulbenkian e desde 2019 pelo Portugal 2020 e CMM)

- BANCO DE AJUDAS TÉCNICAS- Cedência, por empréstimo, de ajudas técnicas (projeto criado em 2007 e que até finais de 2019 já tinha cedido 853 ajudas técnicas, com cobertura total de todo o concelho)

- APOIO NA DEFICIÊNCIA- PROJETO “CAPACITAR +” – Apoio aos cidadãos portadores de deficiência com assunção dos encargos com uma refeição/semana a cada um dos participantes neste projeto, no dia da sua deslocação à Vila para participação em atividades (projeto da CMM em parceria com a Misericórdia de Mértola e Núcleo de Voluntariado)

O Núcleo de Voluntariado de Mértola é associado da Federação Nacional de Voluntariado em Saúde, desde 2016, com o nº 50

Estamos neste projeto desde 2003 porque acreditamos que o mundo pode ser melhor, se cada um fizer a sua parte. Nós fazemos a nossa, esperando inspirar outros.

A Direção

                                                                                                           

 LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE BEJA

 LIGA DE AMIGOS E V. CHTONDELA/VISEU


 LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL S. FRANCISCO XAVIER

  UMA PORTA ABERTA

Grupo de voluntários que em 2019 dedicaram aos doentes mais de 32.000 horas

APOIO
Ajuda na toma das refeições ao pessoal internado e na Urgência (pequeno almoço, almoço, lanche e jantar;
Visitas no internamento com ofertas de revistas e serviço de cabeleireiro;
Oferta de uma pequena refeição ao pequeno almoço (chá, café, sumos, bolachas e iogurtes) aos doentes das consultas externas. Três carrinhos que percorrem todo o hospital;
Encaminhamento dos doentes pelos diversos serviços do hospital;
Ajuda na validação das consultas e tratamentos;
Apoio aos doentes, nos assuntos burocráticos, telefonemas, cópias e contactos com outras entidades;
Doentes carenciados:
Pagamento dos transportes nas deslocações para o hospital e da comparticipação dos medicamentos;
Pagamento de suplementos dietéticos;
Oferta de cabazes de géneros alimentares (para média de 15 dias);
Oferta de Lancheirinhas  (leite, cereias e bolachas para o pequeno almoço de 1 mês)
Oferta de roupa e enxovais para bebés, crianças e adultos;
Cedência por empréstimo ou dádiva de equipamentos ortopédico;

AUTONOMIA FINANCEIRA
Dispomos de 4 lojas solidárias que contribuem em grande parte no apoio financeiro da nossa obra social.
Estão situadas no Jardim da Bia, abrangido pelo pinhal da Mata de Monsanto – espaço lúdico cultural e lazer, que além de um mini-parque infantil, mini lago, esplanada com mesas e bancos, tem também uma biblioteca de 60 m2 para uso de todos os doentes, utentes e pessoal do hospital.
Temos também uma comparticipação financeira da Câmara Municipal de Oeiras e da Iberolinhas. 

ACTIVIDADES
Organizamos e financiamos em datas festivas e comemorativas realizadas no hospital Venda de Natal – para angariação de fundos para a nossa obra social;
Visita aos doentes internados e em consulta, por todo o hospital, com grupo coral de jovens cantando e tocando músicas natalícias, além de uma oferta simbólica;
Festa convívio com lanche e artistas convidados.
Colaboração em eventos do Hospital em datas especiais, através de oferta de bens - arranjos de flores, bebidas e outros (Dia da criança, Dia da Prematuridade, Dia da luta contra o cancro, Dia da luta contra a violência….)

PROJECTOS   

Sementinha
Projecto pioneiro na divulgação e promoção do voluntariado junto dos mais jovens, adaptado a cada escalão etário, em escolas públicas e privadas.

Co-living
Este projeto nasceu do nosso sonho de poder dar ajuda aos Séniores de Oeiras.

Baseado no conceito de habitação colaborativa e na esperança de conseguir fazer em Oeiras um espaço intergeracional, mas dedicado fundamentalmente aos Séniores, o Voluntariado, a Liga dos Amigos do Hospital S. Francisco Xavier, Oeiras Vallley, Município de Oeiras e Hac-ora Portugal Senior Co-housing , estão a trabalhar para a concretização deste projecto.


LIGA DOS AMIGOS DO HOSPITAL DE ABRANTES

SURPESA SIMPÁTICA - ASS de VOLUNT. AMIGOS DA COMUNIDADE IDOSA